Quem somos

 

Plátano Editora

Historial

A Plátano Editora surgiu em 1972, vocacionada para a edição de livros escolares. Desde cedo as suas edições se impuseram no panorama educativo português, essencialmente os manuais dedicados ao ensino básico. De empresa com estrutura de base familiar, onde o forte caráter, a vontade e a preocupação constante com a qualidade do seu fundador, aliados ao forte espírito empresarial, passou em meia dúzia de anos a uma referência no mercado editorial português.

Presente

Seguindo a filosofia que presidiu à sua fundação, edição e distribuição de manuais escolares, a Plátano Editora conta hoje com um muito variado leque de autores, cobrindo as disciplinas dos vários anos de escolaridade. Atualmente, o catálogo integra edições escolares, edições paraescolares e edições gerais. Muitos dos manuais escolares têm já a versão digital disponível para professores e alunos que trabalham com os nossos projetos.

Tendo como principal objetivo a satisfação das reais necessidades do ensino e do mercado editorial em Portugal, continuamos a acreditar que um bom livro é algo de insubstituível.

Com uma posição consolidada no mercado editorial, encaramos o futuro com otimismo.

 

Didáctica Editora

Historial

A Didáctica Editora foi fundada em 1944, sendo uma das mais antigas editoras em Portugal. Desde o seu nascimento, orientou toda a sua atividade editorial para os livros escolares, contando, para tal, com alguns dos mais prestigiados autores de diversas matérias, entre as quais Júlio Martins, Alves de Moura, Óscar Lopes e Palma Fernandes.

Em 1979, a maioria do seu capital social é adquirida pela Plátano Editora S.A., onde ainda hoje permanece, passando a fazer parte Grupo Editorial Plátano.

Presente

A sua linha editorial começa a diversificar-se para outras áreas, nomeadamente livros técnicos e de interesse geral, embora mantendo uma forte componente na produção do livro escolar.

Todo o desenvolvimento da sua atividade ao longo dos anos tem sido pautado por uma forte solidez financeira e por uma gestão rigorosa. Neste contexto, o futuro afigura-se de muito trabalho, mas ao mesmo tempo desafiante.

 

Livros de Seda

A Livros de Seda é uma chancela do Grupo Editorial Plátano, destinada em exclusivo ao segmento feminino.
O catálogo da Livros de Seda destina-se especialmente a mulheres.
A Livros de Seda é uma editora onde os homens são bem-vindos, mas na qual não garantimos que se sintam à vontade. A Livros de Seda é uma editora jovial em espírito, sabendo falar com todas as mulheres, independentemente da sua idade, estatuto social, situação familiar ou qualquer outra diferenciação.
A Livros de Seda é uma editora de e para mulheres. A primeira editora do género.

A assinatura
A assinatura reflete esta opção: Para mulheres. A primeira editora do género.
Sem medos, a Livros de Seda assume que se dirige apenas ao sexo feminino. Não tem medo de perder leitores, pois sabe que os homens simplesmente compreenderão:

  • que a editora não é para eles, não constituindo essa caraterística qualquer tipo de discriminação negativa;
  • que a editora se constitui como uma excelente fonte de prendas para as mulheres da sua vida.

O que torna a Livros de Seda diferente da concorrência?

Alvo único: as mulheres. É a primeira editora que se assume como exclusivamente destinada ao segmento feminino. Apesar de na concorrência existirem catálogos eminentemente direcionados para o segmento feminino, nenhuma editora tinha tido ainda a coragem de dizer que se destina, em exclusivo, ao segmento feminino.
Esta determinação está bem exposta na assinatura da editora: Para Mulheres a primeira editora do género.

Uma editora empática, com um rosto. Se os homens são mais atraídos pela competição, pela hierarquia, as mulheres são bem mais motivadas pela empatia, pelo sentimento de comunidade e inter-relação. Consciente da realidade, a Livros de Seda será uma editora sempre disponível para ouvir as mulheres, através de uma interface bem definida. Em todas as obras, estará disponível o e-mail da editora para que seja suscitada a interação de leitores e editora.